Campeonato Brasileiro – Jornada 23

No sonho da jornada, o Palmeiras esteve a perder mas conseguiu empatar através de Raphael Veiga e começa a cheirar a título para os lados do Allianz Parque.

O Fluminense foi quem beneficiou do empate, e ao vencer o Coritiba por 5-2 subiu à segunda posição, a 8 pontos do líder.

Juventude e Botafogo empataram a 2 e se ambas têm razões para lamentar o desperdício de pontos, a equipa de Caxias do Sul ficou de certeza com mais azia porque teve duas vantagens e começa a ser difícil recuperar o atraso para fora do Z4.

O campeão Atlético Mineiro voltou a perder! Não há forma de a equipa endireitar-se! Muitos remates, muitas ocasiões de golo mas bola na rede, zero!
O Goiás aproveitou a tempestade que se abateu no Galo para ganhar 3 pontos importantes.

Numa jornada em que vários jogos terminaram empatados, o Athletico Paranaense vs América Mineiro foi um deles. O resultado foi de 1 golo para cada.

O Atlético Goianiense vs Cuiabá não fugiu à regra dos empates e também terminou empatado. A equipa da casa continua no Z4 e a equipa de Cuiabá não consegue distanciar-se do Z4.

Outro empate foi entre Red Bull Bragantino e Ceará. A equipa de Bragantino continua a fazer um campeonato tranquilo e o Ceará já tem uma distância de 3 pontos para a zona perigosa.

O São Paulo viajou até Santos e perdeu o jogo. A equipa de Rogério Ceni está concentrada na Copa Sudamericana e na Taça do Brasil e o campeonato passou a ser uma competição secundária. Já o Santos, continua a época tranquila.

O Fortaleza mostrou que na maioria das vezes despedir o treinador serve apenas para agradar aos adeptos, salvar a cabeça dos dirigentes e não solucionar nada. Mas o Fortaleza manteve o treinador da belíssima temporada anterior e depois de estarem em último lugar, a vários pontos de distância da salvação, saírem das outras competições sem qualquer brilho e enfrentarem a ira dos adeptos, voltaram a ganhar, desta vez ao Corinthians, e entraram na luta pela qualificação para a Copa Sudamericana.

O Internacional aproximou-se do Top4 após ir a Florianópolis vencer o Avaí, com um golo de Pedro Henrique aos 90’+8, de grande penalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *