Liga 3 – Jornada 01

Na Zona Norte apenas uma equipa conseguiu ter sucesso em casa. O Anadia começou o campeonato a vencer o Montalegre e subiu à liderança. O Canelas 2010 entrou com o pé direito ao vencer em Guimarães o Vitória B. Depois de um final de 2021/22 dececionante em que jogaram para não descer ao Campeonato de Portugal na última jornada, Mozino e Bosingwa deram a primeira vitória em 2022/23.

O Varzim começa a Liga 3 como um dos favoritos. Despromovido da II Liga, os varzinistas empataram em Braga o que pode ser considerado positivo. Os miúdos de Braga lutaram até ao fim pela promoção à II Liga no ano passado e neste jogo viram Costinha marcar na primeira parte. Gustavo Souza evitou a derrota aos 87′.

O Felgueiras 1932 foi outra das equipas que lutou até ao final pela II Liga mas uma derrota em Alverca na última jornada manteve a equipa na Liga 3. Começaram a temporada a perder dois pontos em casa ao empatar contra a Sanjoanense. Paulité ainda colocou a equipa da casa a vencer mas Nuno Barbosa empatou perto do final.

Fafe e São João Ver empataram a uma bola. A equipa de Fafe terminou a última temporada excelente forma e só por azar não arrancou a temporada com três pontos mas a grande penalidade convertida por Pedro Matos, já em tempo de descontos foi por cima. A equipa de São João Ver começou melhor com um golo logo aos 5 minutos e pouco antes do intervalo Marcelo Santos empatou.

Finalmente, num duelo de promovidos à Liga 3, Paredes e Länk Vilaverdense empataram a zero.

Na Zona Sul o destaque vai para a vitória do Belenenses frente à Académica. Dois históricos de Portugal defrontaram-se num dos estádios mais míticos de Portugal e os azuis do Restelo não tiveram problemas para conquistar os três pontos.

O Sporting B entrou com o pé esquerdo. Depois de chegar aos 2-0, viram a equipa de Moncarapacho reduzir, Dário Essugo foi expulso logo no início da segunda parte e aos 51′ os algarvios empatavam através de Isabelinha. Aos 75′ Agostinho marcou o terceiro golo e deu uma saborosa vitória à primeira equipa algarvia na Liga 3.

Num dos jogos que se esperava mais equilíbrio, Amora e Alverca não desiludiram os adeptos. O Alverca foi mais dominante na primeira parte. Chegou com naturalidade ao golo através de Zacarias.
Na segunda parte os amorenses vieram diferentes e aos 60 minutos já tinham dado a volta ao marcador através de Diogo Martins e Paulo Marcelo.
Os ribatejanos, finalistas da Liga 3 da anterior temporada não desistiram e marcaram um dos golos da jornada por Tavinho. No último segundo, confusão na área amorense e Talison Ruan rematou para o fundo das redes.

O Caldas foi a primeira equipa da Liga 3 a viajar para os Açores e iam saindo sem qualquer ponto. Um auto-golo de Luís Marcelino complicou a tarefa mas João Rodrigues empatou aos 83′.

O Oliveira do Hospital foi uma das sensações da última temporada pelo mau início de campeonato, a dada altura parecia evidente que iriam descer ao Campeonato de Portugal mas cresceram muito e terminaram em grande o campeonato. Será sem dúvida uma dor de cabeça para os favoritos. Para já roubaram dois pontos ao Real SC.

O Leiria, eterno candidato à II Liga, com várias mortes na praia, voltou a mostrar que é fortíssimo. Gonçalo Gregório com três golos esmagou o Vitória de Setúbal. A equipa sadina nunca se encontrou e terá agora uma semana para se encontrar e mostrar contra o Sporting B que quer voltar a estar pelo terceiro ano consecutivo na fase decisiva para a subida à II Liga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *