Liga 3 – Jornada 03

Na Zona Norte são 4 as equipas empatadas na liderança com 7 pontos. O Canelas 2010 perdeu na deslocação a Braga, depois de estar a vencer. O golo da vitória foi marcado por David Veiga aos 89′.
O Felgueiras 1932 venceu pela segunda semana consecutiva, desta vez o São João Ver e faz parte do grupo de líderes. A Sanjoanense recebeu a equipa do Montalegre e bastou um golo de Rui Pedro para derrotar o último classificado. A equipa de Montalegre conta por derrotas os jogos realizados.
O Vitória SC B também não está melhor e tem agora 3 derrotas consecutivas. O Paredes aproveitou a má fase vitoriana através de Erik Santana aos 36′.
O Vilaverdense está a fazer um excelente início de campeonato. Viajou até Fafe para impôr uma derrota com ligeiro cheirinho a goleada. Edmilson esteve endiabrado com 3 golos.
E finalmente, o grande favorito desta série, o Varzim foi até à Anadia e apoiado por várias dezenas (perto da centena) de adeptos, derrotou o Anadia e integra o grupo de líderes com 7 pontos.

Na Zona Sul Leiria e Belenenses continuam líderes, apesar de terem empatado os seus jogos. A equipa do Restelo deslocou-se até Oliveira do Hospital e cedeu os primeiros pontos. João Costa já na compensação evitou a derrota. Em Oliveira do Hospital mora uma equipa que será difícil de vencer.
O Vitória FC viajou até aos Açores e apesar de ter estado a perder por duas vezes, tem jogadores que podem decidir jogos, um deles é Zequinha, que bisou na partida. E pensar que após o jogo em Leiria houve quem quisesse o avançado sadino fora da equipa…
A equipa do Leiria recebeu a Académica e voltou a quebrar o recorde de público: 17.122. Um jogo entre dois históricos e duas grandes penalidades para cada lado. Um ponto saboroso para os adeptos que viajaram de Coimbra.
O Caldas recebeu o Moncarapachense e venceu finalmente o primeiro jogo em 2022/23. Com esta vitória a equipa das Caldas da Rainha saltou para a terceira posição.
A equipa do Amora continua com a casa às costas. Não há maneira deste clube ter um estádio fixo. Desta vez o problema foi da relva (ou da ausência dela) e a solução foi jogar em “casa” a 100 quilómetros da Amora. Mesmo com a adversidade a equipa venceu o jogo.
E finalmente o finalista do ano passado da Liga 3 (playoff) está numa minicrise de golos. Apesar das oportunidades a bola não entra e aproveitou o Sporting B para somar os primeiros pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *