Cagliari FC – Uma temporada de extremos

Spread the love

A temporada do Cagliari foi de extremos, começando muito mal na Série A e apenas à 10ª jornada somou a primeira vitória mas garantiu a manutenção com uma jornada por disputar, com resultados surpreendentes como a vitória perante a Atalanta e o empate contra o campeão em Milão.

Os adeptos do Cagliari ainda se lembravam da loucura que foi a subida de divisão na temporada passada, com Cláudio Ranieri ao leme. Um golo de Pavoletti aos 90’+4 garantiu a subida de divisão em Bari. O treinador italiano mantém-se para esta temporada e assumiu publicamente que o Cagliari seria o seu último trabalho a nível de clubes. Só não sabia exatamente se terminaria a época ou seria despedido antes.

E os primeiros nove jogos não foram propriamente animadores. A equipa começou com um empate em Turim (Torino 0 – 0) mas no total somou 6 derrotas e 3 empates antes da primeira vitória no final de Outubro. E que vitória seria! Aos 72′ perdia por 0-3 com o Frosinone e parecia que o final de carreira de Ranieri estava próximo mas nos últimos 25 minutos aconteceu magia no Unipol Domus, perante mais de 15.000 adeptos. Oristanio reduziu aos 72′, aos 76′ foi a vez de Makoumbou e finalmente, o herói da subida (Pavoletti) voltou a aparecer e bisou aos 90’+4 e 90’+6! Foi uma euforia tremenda!

Depois desse mágico jogo vieram mais três pontos (Génova) e parecia que afinal seria uma temporada tranquila. Mas entre a 12ª e a 19ª jornada só somaram 1 vitória e as dificuldades voltaram a ficar evidentes.

A primeira vitória surpreendente chegou na 20ª jornada, derrotando a equipa sensação, o Bolonha, no Unipol Domus. E apesar de a seguir ter somado 4 derrotas seguidas, sentia-se confiança.
Em Abril, em 5 jogos realizados, só somaram uma derrota (Génova) e roubaram pontos à Juventus, Inter (em Milão), derrotaram a Atalanta e empataram com o Verona.

A partir daqui, o Maio só podia trazer boas emoções e a manutenção chegou em Sassuolo, vitória por 0-2 e mais um ano na Série A. E agora Ranieri? Preparado para adiar a reforma mais um ano…?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *